+

História

 O Curso de Agronomia foi criado pela Resolução nº 14/77-COU, de 10/06/1977. Na sua criação, o curso de Agronomia ficou vinculado ao Departamento de Biologia do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Entre os anos de 80 até meados de 84 ficou vinculado ao Departamento de Ciências Agrárias juntamente com o Curso de Zootecnia.

Atualmente, encontram-se matriculados 431 alunos no campus sede, tendo sido formados até 31 de maio de 2019, 2.226 Engenheiros Agrônomos, que atuam nas diversas áreas das cadeias produtivas que envolvem a Produção Agropecuária. Ainda, exercem atividades em instituições de pesquisa, ensino médio, de graduação e pós-graduação tanto no setor público como no privado, em todo território nacional e também no exterior.

Desde a sua criação, seu projeto pedagógico tem sido alterado e atualizado com o objetivo de adequá-lo às atuais demandas da sociedade, visando uma melhor qualificação e atuação do futuro profissional. A última atualização significativa ocorreu para os ingressantes de 2008, para atender Lei 9394/96 (LDB) em especial a Resolução n° 01 de fevereiro de 2006, que institui as diretrizes curriculares nacionais para o curso de Agronomia e dá outras providencias.

Atualmente, o Departamento de Agronomia no Campus Sede, conta com 49 docentes, todos com o título de doutor (05 com pós-doutorado no Brasil, Estados Unidos, França e Canadá).  Dos 49 docentes, 08 são docentes  temporários. Todos os professores efetivos  possuem o regime de trabalho (TIDE) Tempo Integral e Dedicação Exclusiva.

Além da docência, os professores atuam nas áreas de pesquisa, ensino e extensão, como também na administração do Centro de Ciências Agrárias.

O Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá oferece Mestrado e Doutorado desde 1995 e 1999, respectivamente, e está incluído no grupo de excelência de programas de pós-graduação no Brasil.